Visitantes

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Apontamentos: Foucault

Conteúdo: Foucault

Foucault & Educação – José da Veiga Neto


O livro Foucault & Educação de Alfredo José da Veiga Neto se propõe de forma acessível e didática registrar as contribuições do pensamento de Foucault para a Educação. O autor deixa claro que seu ponto de vilta não é uma celebração filosófica à Foucault, mas como uma exploração de muitas possibilidades de pensar, da prática pedagógica, de manter a crítica e como um ativador de liberdade.

Na primeira parte o autor faz uma situação de Foucault e o que representa seguir o método ou teoria foucaultiana: uma verdadeira contradição do seu pensamento, “visto que segui-lo, significa necessariamente, tentar sempre usá-lo e ultrapassá-lo” (p.21). O que existe são teorizações foucaltianas.

Foucaul tinha preocupações em manter a liberdade da sua filosofia, apesar de raramente utilizar o termo liberdade em suas obras. 

A crítica de Foucault é uma crítica da crítica (p.24).

A atividade filosófica, filosofar, é um trabalho crítico do pensamento sobre o próprio pensamento (p.25).

Segundo critérios metodológicos e cronológicos, podemos distinguir três fases tradicionais de Foucault: Arqueologia, Genealogia e Ética. A cada fase é possível responder uma pergunta fundamental: ‘o que posso saber?’, ‘que posso fazer’ e ‘quem sou eu?’ (p.36). Segundo critérios ontológicos podemos ter a seguinte tripartição a partir de como nos tornamos o que somo, como sujeitos: ‘ser-saber’ (de conhecimento), ‘ser-poder’ (de ação), ‘ser-consigo’ (moral) (p.41). Nos capítulos que segue o autor aprofunda em cada divisão temática.



Referências:
VEIGA NETO, Alfredo José da. Foucault & Educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

2 comentários:

alef araujo disse...

meu email :alefbonitolive@gmail.com

queria saber quando Surgiu o Conhecimento Geografico e onde surgiu ?

alef araujo disse...

meu email :alefbonitolive@gmail.com

queria saber quando Surgiu o Conhecimento Geografico e onde surgiu ?