Visitantes

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Evolução: exemplo de sequências de idéias...

Evolução de idéias...
Teoria da evolução:
  • Evolução, no ramo da biologia, é a mudança das características hereditárias de uma população de uma geração para outra. Este processo faz com que as populações de organismos mudem ao longo do tempo.
  • Evolução é um processo de mudança, crescimento ou desenvolvimento, significa que os organismos se modificam com o passar do tempo, sendo que alguns tendem a desaparecer e serem substituídos por outros organismos que não existiam.
  • O termo evolução vem do Latim evolutio que significa “desabrochamento” e até o século XVII foi utilizada para referir ao desenvolvimento embriológico. Desde o século XIX, o termo evolução foi utilizado como referência a evolução biológica e as mudanças nas características de vida e é referenciada na teoria de Charles Darwin, a chamada Seleção Natural, que é à base da biologia moderna.
  • processo pelo qual os seres vivos se modificação genéticamente à medida que as gerações se sucedem numa população de seres vivos.

Links:

A proposta destas imagens
abaixo é trabalhar sequências de idéias.

A partir de determinado
assunto, utilizar uma dessas figuras e escutar a opnião e interpretação dos
alunos.

Também serve de exemplo
para eles criarem uma sequência evolutiva de algum assunto relacionado ao tema
da aula.

Vaidade, moda, estilos, opções sexuais:
Consumo, hábitos alimentares:

Consumo, hábitos alimentares:
Consumo:
Mudanças nas relações homem e meio:
Meios de comunicação, ferramentas essenciais a vida humana:
Liderança, representações políticas:
Questões bélicas, conflitos, interesses geopolíticos:

Personalidade, integridade do ser humano:


Imagens da internet.

domingo, 19 de outubro de 2008

Representações do Planeta Terra!


Características do Planeta Terra

Conteúdo: Características do Planeta Terra, Forma, Movimentos, Referências e Representação.

Série: 5ª série

Dicas:
  • Aborde as características do Planeta Terra, como a forma, posição no Sistema Solar, Inclinação do seu eixo imaginário.
  • Movimentos em relação ao sol, e as consequências.
  • Na hora de representar essa realidade esférica num plano, sempre há deformação. Para isso usamos algumas referências (linhas imaginárias) e um tipo de projeção.

Atividades dos alunos da 5ª série da E.B.M. VERª ALBERTINA KRUMMEL MACIEL:

Tainara Camacho


---


Bruno Fagundes


Nathalia

Mateus da Rosa


Eduardo de Souza


Luiz Fernando


Eduardo Otávio

sábado, 18 de outubro de 2008

Horário de Verão!

Horário de Verão
começa no dia 19 de outubro



Relógios devem
ser adiantados em um hora










A 38ª edição do Horário de Verão (2008-2009) terá início à zero hora do dia 19 de outubro de 2008 e terminará à zero hora do dia 15 de fevereiro de 2009.
Os relógios deverão ser adiantados em uma hora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.
A previsão do Operador Nacional do Sistema (ONS) é que haja uma redução entre 4% e 5% na demanda no horário de pico, cerca de 2 mil MW. No Sudeste e Centro-Oeste, a redução na demanda deve chegar a 1.790 MW, o que equivale a uma cidade com 5 milhões de habitantes. Já na região Sul, a estimativa de redução é de 528 MW, suficiente para abastecer uma cidade de 1,5 milhão de habitantes.
O principal objetivo do Horário de Verão é a redução da demanda máxima durante o horário de pico de carga do sistema elétrico brasileiro. A mudança de comportamento dos consumidores associado com o retardo do início da utilização da iluminação pública reduz a coincidência do consumo de energia elétrica acarretando queda do consumo nos horários de pico no Sistema Interligado Nacional (SIN).
Como conseqüência ocorre uma maior segurança e confiabilidade operativa do sistema nas horas mais críticas, minimizando a necessidade de investimentos para atendimentos sazonais em áreas localizadas, evitando-se também a sobrecarga nas linhas de transmissão, subestações, sistemas de distribuição e unidades geradoras de energia. Além do Distrito Federal, a medida abrange os mesmos estados dos últimos dois anos: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Essa abrangência é explicada pelo fato de ser possível um aproveitamento mais eficiente da luz solar nessa época do ano nesses estados.
A mudança de horário no período do verão é um recurso adotado por diversos países do Hemisfério Norte (de março a outubro) e do Hemisfério Sul (outubro a março). Entre eles estão grande parte da Europa, os Estados Unidos, Rússia, Austrália, Nova Zelândia, Chile, Paraguai e Uruguai.




Fonte:
Assessoria de Comunicação Ministério de Minas e Energia (061) 3319-5588/5620 http://www.mme.gov.br/site/news/detail.do;jsessionid=80B46CACF5C4982AAA76959249F1F215?newsId=17162





quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Dia do Professor!


15 de Outubro – DIA DO PROFESSOR



"O material escolar mais barato
que existe na praça é o professor". (Jô Soares)





video

Vídeo enviado pela amiga Elizabeth!






Você sabe como surgiu o Dia do Professor?

O Dia do Professor é comemorado no dia 15 de outubro. Mas poucos sabem como e quando surgiu este costume no Brasil.


No dia 15 de outubro de 1827 (dia consagrado à educadora Santa Tereza D’Ávila), D. Pedro I baixou um Decreto Imperial que criou o Ensino Elementar no Brasil. Pelo decreto, “todas as cidades, vilas e lugarejos tivessem suas escolas de primeiras letras”. Esse decreto falava de bastante coisa: descentralização do ensino, o salário dos professores, as matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados. A idéia, inovadora e revolucionária, teria sido ótima - caso tivesse sido cumprida.


Mas foi somente em 1947, 120 anos após o referido decreto, que ocorreu a primeira comemoração de um dia dedicado ao Professor.


Começou em São Paulo, em uma pequena escola no número 1520 da Rua Augusta, onde existia o Ginásio Caetano de Campos, conhecido como “Caetaninho”. O longo período letivo do segundo semestre ia de 01 de junho a 15 de dezembro, com apenas 10 dias de férias em todo este período.

Quatro professores tiveram a idéia de organizar um dia de parada para se evitar a estafa – e também de congraçamento e análise de rumos para o restante do ano.


O professor Salomão Becker sugeriu que o encontro se desse no dia de 15 de outubro, data em que, na sua cidade natal, professores e alunos traziam doces de casa para uma pequena confraternização. Com os professores Alfredo Gomes, Antônio Pereira e Claudino Busko, a idéia estava lançada, para depois crescer e implantar-se por todo o Brasil.


A celebração, que se mostrou um sucesso, espalhou-se pela cidade e pelo país nos anos seguintes, até ser oficializada nacionalmente como feriado escolar pelo Decreto Federal 52.682, de 14 de outubro de 1963. O Decreto definia a essência e razão do feriado: "Para comemorar condignamente o Dia do Professor, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo participar os alunos e as famílias".

Fontes:

Site www.diadoprofessor.com.brSite www.unigente.com

http://www.unigente.com/professor.php?gclid=CJj_-tu6n5YCFQVfFQodXDiU5w






"O professor se liga à eternidade.

Ele nunca sabe quando cessa a sua influência". (Henry Adams)








O PROFESSOR SEMPRE ESTÁ ERRADO

Quando...
É jovem, não tem experiência.
É velho, está superado.
Não tem automóvel, é um coitado.
Tem automóvel, chora de "barriga cheia".
Fala em voz alta, vive gritando.
Fala em tom normal, ninguém escuta.

Não falta às aulas, é um "Caxias".
Precisa faltar, é "turista"
Conversa com outros professores, está "malhando" os alunos.
Não conversa, é um desligado.
Dá muita matéria, não tem dó dos alunos.
Dá pouca matéria, não prepara os alunos.

Brinca com a turma, é metido a engraçado.
Não brinca com a turma, é um chato.
Chama à atenção, é um grosso.
Não chama à atenção, não sabe se impor.

A prova é longa, não dá tempo.
A prova é curta, tira as chances dos alunos.
Escreve muito, não explica.
Explica muito, o caderno não tem nada.

Fala corretamente, ninguém entende.
Fala a "língua" do aluno, não tem vocabulário.
Exige, é rude.
Elogia, é debochado.

O aluno é reprovado, é perseguição.
O aluno é aprovado, "deu mole".

É, o professor está sempre errado mas,
se você conseguiu ler até aqui, agradeça a ele!
Voltar para a página especial do Dia dos Professores do Portal da Família

Fonte: Revista do professor de Matemática 36, 1988

http://www.portaldafamilia.org/datas/professor/prof006.shtml





"O professor só pode ensinar

quando está disposto a aprender". (Janoí Mamedes)





Links:

http://fabiohsobral.com.br/pasta/

http://www.portaldafamilia.org/datas/professor/diaprof.shtml

http://www.planetaeducacao.com.br/acessodehumor/ver_imagem.asp?id=8




Antigamente... Não podemos dispensar todos os métodos tradicionais!



Atualmente... é fundamental pensar em Inclusão!






terça-feira, 14 de outubro de 2008

Milton Santos

Nilton Santos?
Não, Milton Santos!

Fonte: Diário Catarinense - 26/08/07 - p.2 Donna DC.





MILTON SANTOS (1926 / 2001 )
Biografia Resumida
O Prof. Dr. Milton Santos (Milton de Almeida Santos ou Milton Almeida dos Santos), nasceu em Brotas de Macaúbas, no interior da Bahia, no dia 03 de Maio de 1926. Geógrafo e livre pensador brasileiro, homem amoroso, afável, fino, discreto e combativo, dizia que a maior coragem, nos dias atuais, é pensar, coragem que sempre teve. Doutor honoris causa em vários países, ganhador do prêmio Vautrin Lud, em 1994 (o prêmio Nobel da geografia), professor em diversos países (em função do exílio político causado pela ditadura de 1964), autor de cerca de 40 livros e membro da Comissão Justiça e Paz de São Paulo, entre outros.
O Prof. Milton Santos formou-se em Direito no ano de 1948, pela UFBA (Universidade Federal da Bahia), foi professor em Ilhéus e Salvador, autor de livros, que surpreenderam os geógrafos brasileiros e de todo o mundo, pela originalidade e audácia: "O Povoamento da Bahia" (48), "O Futuro da Geografia" (53), "Zona do Cacau" (55) entre muitos outros. Em 1958, já voltava da Universidade de Estrasburgo, da França, com o doutorado em Geografia, trabalhou no jornal "A Tarde" e na CPE (Comissão de Planejamento Econômico-BA), precursora da Sudene, foi preso em 1964 e exilado. Passou o período entre 1964 a 1977 ensinando na França, Estados Unidos, Canadá, Peru, Venezuela, Tânzania; escrevendo e lutando por suas idéias. Foi o único brasileiro e receber um "prêmio Nobel", o Vautrin Lud, que é como um Nobel de Geografia. Outras de suas magistrais obras são: "Por Uma Outra Globalização" e "Território e Sociedade no Século XXI" (editora Record) .
Milton Santos, este grande brasileiro, morreu em São Paulo-SP, no dia 24 de Junho de 2001, aos 75 anos, vítima de câncer.



Encontro com Milton Santos

ou O Mundo Global visto do lado de cá

Encontro com Milton Santos ou O Mundo Global visto do lado de cá, documentário do cineasta brasileiro Sílvio Tendler, discute os problemas da globalização sob a perspectiva das periferias (seja o terceiro mundo, seja comunidades carentes). O filme é conduzido por uma entrevista com o geógrafo e intelectual baiano Milton Santos (1926-2001), gravada quatro meses antes de sua morte.
Considerado um dos maiores pensadores brasileiros do século XX, Milton Santos não era contra a Globalização e sim contra o modelo de globalização perversa vigente no mundo, que ele chamava de globalitarismo. Analisando as contradições e os paradoxos deste modelo econômico e cultural, Milton enxergou a possibilidade de construção de uma outra realidade, mais justa e mais humana.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Encontro_com_Milton_Santos

sábado, 4 de outubro de 2008

Relevo e Hidrografia do Brasil!


Conhecendo o Relevo e Hidrografia do Brasil!

Conteúdo: Relevo e Hidrografia do Brasil
Série: 5ª série

Atividade:

  • Observando mapas do livro didático, os alunos terminam de confeccionar mapas temáticos sobre o Relevo e Hidrografia do Brasil.
  • Trabalhar conceito e elementos de uma mapa. Padronização de algumas cores na cartografia.
  • Relecionar as formas de superfície terrestre com a rede hidrográfica.

Mapas-mudo do Brasil:




Atividades dos alunos da 7ª série da E.B.M. VERª ALBERTINA KRUMMEL MACIEL:



Maria Julia

Nathalia

Dianath


Robson


Eduarda


Jenifer


Gabriel



Eduardo

Conhecendo os Estados Unidos


Os 50 estados atuais dos Estados Unidos da América!

Conteúdo: Configuração atual do teritório estadunidense.
Série: 7ª série

Atividade:


  • A partir de um mapa-mudo políticos dos EUA, nomear e localizar os estados e suas respectivas capitais.
  • Pode ser utilizado uma lista anexada para colocar os nomes dos estados e das capitais. Através de números relacionar com sua posição no mapa.
  • A propostar é conhecer o território estadunidense, e não decorar nomes e suas capitais.

Atividades dos alunos da 7ª série da E.B.M. VERª ALBERTINA KRUMMEL MACIEL:


Amanda


Davi


Marília

Marlon


Diego


Igor

Diego

Os 50 estados atuais dos Estados Unidos da América:


Estado - Capital
Alabama - Montgomery
Alasca - Juneau
Arizona - Phoenix
Arkansas - Little Rock
Califórnia - Sacramento
Colorado - Denver
Connecticut - Hartford
Delaware - Dover
Flórida - Tallahassee
Geórgia - Atlanta
Havaí - Honolulu
Idaho - Boise
Illinois - Springfield
Indiana - Indianapolis
Iowa - Des Moines
Kansas - Topeka
Kentucky - Frankfort
Louisiana - Baton Rouge
Maine - Augusta
Maryland - Annapolis
Massachusetts - Boston
Michigan - Lansing
Minnesota - Saint Paul
Mississippi - Jackson
Missouri - Jefferson City
Montana - Helena
Nebraska - Lincoln
Nevada - Carson City
Nova Hampshire - Concord
Nova Jérsei - Trenton
Novo México - Santa Fe
Nova Iorque - Albany
Carolina do Norte - Raleigh
Dakota do Norte - Bismarck
Ohio - Columbus
Oklahoma Oklahoma City
Oregon - Salem
Pensilvânia - Harrisburg
Rhode Island - Providence
Carolina do Sul - Columbia
Dakota do Sul - Pierre
Tennessee - Nashville
Texas - Austin
Utah Salt Lake City
Vermont - Montpelier
Virgínia - Richmond
Washington - Olympia
Virgínia Ocidental - Charleston
Wisconsin - Madison
Wyoming - Cheyenne